seu melhor jogo

O judô é uma arte marcial japonesa que se baseia no uso da força e do equilíbrio do adversário para aplicar movimentos, técnicas e imobilizações.

Existem mais de 100 golpes de judô, mas alguns são mais usados e eficientes do que outros. Neste texto, vamos apresentar os 20 principais.

🤑 Aposte em Judô na Betano e ganhe até 1.000 reais em bônus. 🤑

Pagamentos via PIX, jogos ao vivo e super odds! 

Clique aqui para abrir sua conta!

Desta forma, você vai conseguir acompanhar as lutas nos Campeonatos Mundiais e Jogos Olímpicos sem ficar perdido!

Ah, trouxemos vídeos para ilustrar casa golpe. Para isso, utilizamos conteúdos dos excelentes canais Projeto Budô Judô e Kodokan. Clica aí pra seguir eles!

Confira 👇

Principais golpes de judô

  • Osoto Gari
  • Ouchi Gari
  • Harai Goshi
  • Hane Goshi
  • Utsuri Goshi
  • Sode Tsurikomi Goshi
  • Uchi Mata
  • Morote Seoi Nage
  • Ippon Seoi Nage
  • Tai Otoshi
  • Tani Otoshi
  • Sukui Nage
  • Tomoe Nage
  • Yoko Tomoe Nage
  • Sumi Gaeshi
  • Juji Gatame
  • Sankaku Jime
  • Ude Garami
  • Katagatame
  • Yoko Shiho Gatame

Osoto Gari

O Osoto Gari é um dos golpes de judô mais básicos para quem pratica o esporte. Nessa técnica, o judoca segura a gola e a manga do adversário. Em seguida, utiliza o pé em formato de “gancho” para dar uma varrida de fora pra dentro, desequilibrando o oponente e forçando-o a cair no chão.



seu melhor jogo

Ouchi Gari

O Ouchi Gari é uma técnica de arremesso bem semelhante ao Osoto Gari. A grande diferença é que o judoca varre o adversário com um movimento de dentro pra fora – e não o contrário. O movimento é acompanhado por um puxão no braço para aumentar o desequilíbrio e garantir que ele caia.

Harai Goshi

O Harai Goshi é uma dos golpes de judô mais usados nas lutas. É um movimento de varredura parecido com o Osoto Gari e o Ouchi Gari. No entanto, o judoca utiliza o quadril para fazer força. Em seguida, ele usa o pé em formato de “gancho” para dar uma varrida de fora pra dentro.

Hane Goshi

O Hane Goshi é outra técnica que utiliza o quadril para elevar o adversário. Nesse golpe, o judoca é jogado para cima através de um “coice”. Diferentemente do Harai Goshi, o movimento de varrida é aplicado com o pé posicionado entre as pernas do oponente – e não pegando por fora.

Utsuri Goshi

O Utsuri Goshi é um dos golpes de judô mais complexos de serem executados, pois exige muita força. Trata-se de um movimento de contra-ataque, no qual o judoca joga o oponente pra cima e utiliza o quadril para projetá-lo de costas ao chão. A técnica é caracterizada por uma mudança repentina de posição do praticante, que usa o quadril como ponto de apoio para realizar o arremesso.

Sode Tsurikomi Goshi

Para executar o Sode Tsurikomi Goshi, o judoca usa as duas mãos para segurar a manga do oponente. Depois, utiliza o quadril para lançar o adversário por cima de sua cintura. O movimento envolve uma rotação do corpo e um levantamento, resultando no desequilíbrio e queda do competidor no chão.

Uchi Mata

No Uchi Mata, o judoca puxa o oponente em direção a si e, ao mesmo tempo, gira o corpo, levantando a perna interna e usando a coxa para varrer o oponente por dentro, desequilibrando-o e lançando-o ao chão.

Morote Seoi Nage

O Morote Seoi Nage é um dos golpes de judô mais plásticos existentes. Nesse movimento, o judoca utiliza as duas mãos (uma na gola e outra na manga). Em seguida, ele se projeta para frente, fica de costas para o oponente, encaixa o cotovelo na axila do adversário e o arremessa para o chão.

Ippon Seoi Nage

O Ippon Seoi Nage é uma técnica bem parecida com o Morote Seoi Nage. A única diferença é que o judoca deixa uma das mãos livres para agarrar a axila do adversário em formato de “gancho” e arremessá-lo até o chão.

Tai Otoshi

No Tai Otoshi, o judoca utiliza as duas mãos para puxar o adversário e fazê-lo tropeçar na perna que, nessa técnica, funciona como uma espécie de obstáculo. É um dos golpes de judô mais populares no esporte.

Tani Otoshi

O Tani Otoshi é um dos golpes de judô mais efetivos da modalidade. Nesse contra-ataque, o judoca finge que vai derrubar o adversário para a frente, mas na verdade puxa-o para atrás utilizando a perna esticada como calço.

Sukui Nage

No Sukui Nage, o judoca agarra a manga e a gola do adversário para se projetar na lateral dele. Em seguida, agacha-se e, com as duas mãos na altura da coxa, o arremessa para trás.

Tomoe Nage

O Tomoe Nage é uma técnica de sacrífico. Nela, o judoca se joga no tatame com as costas no chão e projeta as pernas na barriga do adversário para também derrubá-lo, em um movimento frontal.

Yoko Tomoe Nage

O Yoko Tomoe Nage nada mais é que um Tomoe Nage, mas derrubando o adversário lateralmente – e não frontalmente.

Sumi Gaeshi

O Sumi Gaeshi também integra a lista de golpes de judô na categoria “sacrífico”. Assim como o Tomoe Nage, o judoca cai no chão com as costas no tatame, mas, desta vez, encaixando o pé na virilha do oponente – e não na barriga. O movimento se parece como uma “bicicleta” do futebol.

Juji Gatame

O Juji Gatame é uma chave de braço que causa estrangulamento e imobilização. Nesse golpe, o judoca prende o braço do adversário utilizando suas duas pernas e cai para trás com o intuito de esticá-lo.

Sankaku Jime

O Sankaku Jime também faz parte dos golpes de judô que causam estrangulamento. Ao aplicá-lo, o judoca prende as duas pernas em volta da cabeça e do pescoço do adversário, provocando sufocamento.

Ude Garami

O Ude Garami é outra chave de braço poderosa no judô. Nesse golpe, o judoca agarra o braço do adversário, dobra o cotovelo dele num ângulo de 90° e segura o seu punho contra o chão, deixando a palma da mão virada para cima. Em seguida, aplica-se força para causar dor e desconforto.

Katagatame

O Katagatame é um dos golpes de judô mais difíceis de serem executados. Nele, o judoca passa um de seus braços atrás do pescoço do adversário e, com o outro braço por fora, completa a chave, aplicando pressão com o peito.

Yoko Shiho Gatame

Finalizamos a lista de principais golpes de judô com o famoso Yoko Shiho Gatame. Trata-se de uma técnica muito complexa de imobilização, que envolve várias etapas e, principalmente, forca física.

Primeiro, o judoca coloca-se em cima do adversário em uma posição peito contra peito. Depois, um dos braços deve passar por baixo da cabeça e agarrar a faixa ou a gola. Já o outro, deve passar entre as pernas do oponente, por baixo das nádegas, e agarrar o fundilho da calça.

É isto! Agora você conhece os principais golpes de judô aplicados nos confrontos profissionais. Gostou desse conteúdo? Fala pra gente nos comentários 👊

Para mais textos sobre artes marciais, futebol, basquete, vôlei e outras modalidades olímpicas, venha nos visitar diariamente!



seu melhor jogo