seu melhor jogo

Um dos esportes mais lembrados quando o assunto é Olimpíadas é, definitivamente, a ginástica artística. A modalidade esportiva foi criada ainda na Grécia Antiga, há muitos e muitos anos, e consiste na execução de movimentos acrobáticos impressionantes.

A história do esporte começou como um treinamento militar, além de uma forma de entretenimento que sempre aparecia em festivais esportivos e culturais. Então, foi no final do século 18 que a ginástica artística começou a ser modernizada e a virar algo sério, dando grandes passos até se tornar o que é hoje.

Se você gosta do esporte e ficou curioso para saber quais são os tipos de ginástica artística, chegou no lugar certo! Se prepare para mergulhar no universo dessa modalidade esportiva tão incrível que, inclusive, está prestes a chamar a atenção nas Olimpíadas de Paris que acontecem neste ano de 2024.

Confira 👇

Participe da nossa comunidade gratuita no Whatsapp e receba diariamente dicas, notícias e curiosidades de mais de 50 esportes! Clique aqui para participar.

Tipos de ginástica artística: história

tipos de ginástica artística
Conheça os tipos de ginástica artística!

Antes de tudo, precisamos contextualizar o esporte. A história da ginástica artística começa ainda na antiguidade, mais precisamente na Grécia Antiga. A modalidade era bastante praticado nas aulas de educação física dos colégios e também em treinamento militares. 

O objetivo dessa atividade era, principalmente, ajudar a fortalecer a saúde dos competidores, além de aumentar a força física e, claro, melhorar a aparência estética. 

Não demorou para que a modalidade começasse a ser incluída em festivais esportivos importantes, aqueles aqueles que antecederam os Jogos Olímpicos antigos, ao longo dos anos. Mas nem todo o caminho percorrido foi feliz.

A ginástica artística chegou a enfrentar algumas dificuldades, principalmente devido a eventos históricos como o surgimento do Império Romano e o crescimento dos adeptos da religião católica. Foi só no período do Renascimento, portanto, que as pessoas voltaram a se interessar no esporte.



seu melhor jogo

Então, a modalidade começou a ganhar muito mais popularidade, sendo desenvolvida e modernizada cada vez mais. Friedrich Ludwig Jahn, um dos nomes mais importantes do esporte, pois ajudou no seu crescimento, é conhecido até hoje como o “pai da ginástica”.

Já no século 20, foi fundada a primeira federação internacional do esporte, lá em 1881, fazendo com que a ginástica artística ganhasse fama internacional. Em relação aos Jogos Olímpicos modernos, as Olimpíadas que conhecemos hoje, a ginástica artística foi oficializada como modalidade em 1896 para os homens, e somente 1928 para as mulheres.

Depois de entender o contexto histórico, finalmente é hora de conhecer os tipos de ginástica artística.

Tipos de ginástica artística: modalidades

A ginástica artística é um esporte dividido em diversas modalidades, contando com diferentes aparelhos e movimentos. A divisão é feita por ginástica artística masculina e a ginástica artística feminina. 

Vamos conferir cada um dos tipos de ginástica artística: 

tipos de ginástica artística
Os tipos de ginástica artística são considerados na avaliação

Ginástica artística masculina

  • Argolas;
  • Barra fixa;
  • Barras paralelas;
  • Cavalo com alças;
  • Solo.

Argolas – Aqui, os atletas fazem diversos movimentos baseados em equilíbrio e força, e isso acontece ficando suspenso em anéis fixos.

Barra fixa – Nesta modalidade, nós vemos os ginastas fazendo seus movimentos, como giros, saltos e outros, em uma barra horizontal.

Barras paralelas – Atletas fazem movimentos em cima e no meio de duas barras paralelas.

Cavalo com alças – Você verá os atletas fazendo movimentos circulares e o que também é conhecido como “movimento de tesoura”. Tudo isso em cima de um cavalo que consiste em uma base comprida e com alças fixadas.

Salto sobre cavalo – No salto sobre cavalo, os ginastas precisam correr em direção a um trampolim, pulando nele e fazendo acrobacias no ar, e então, aterrissam em um colchão. Aqui, os juízes vão avaliar a distância e a dificuldade da performance.

Solo – Na modalidade solo, os atletas fazem suas acrobacias em um grande tapete reto e sem obstáculos. Eles são embalados pela música e precisam estar bem sincronizados.

Ginástica artística feminina

  • Barras assimétricas;
  • Salto sobre a mesa;
  • Trave de equilíbrio.

Barras assimétricas – Nas barras assimétricas, as ginastas fazem uma série de movimentos em cima de duas barras que estão em alturas diferentes umas das outras.

Salto sobre a mesa – Aqui, as ginastas precisam correr em direção a um trampolim, depois fazer acrobacias no ar e pousar em um piso acolchoado. Os juízes vão analisar a altura, distância, e dificuldade do movimento.

Trave de equilíbrio – Na trave de equilíbrio, as ginastas fazem movimentos acrobáticos e, claro, de equilíbrio em uma viga estreita que fica próxima ao chão.

Solo – Funciona da mesma forma que o solo masculino.

Tipos de ginástica artística: pontuação

Agora, chegou a hora de entender como funciona a pontuação da ginástica artística. Os critérios avaliados são os seguintes:

  • Pontuação de execução;
  • Pontuação de dificuldade;
  • Pontuação final. 

No esporte, os atletas vão ser julgados com base na qualidade de execução, ou seja, fazendo as melhores acrobacias tanto em solo quanto no ar, e também levando em conta a dificuldade de cada performance.

Após as apresentações, os juízes vão pontuar os atletas levando em conta a soma das notas obtidas nas apresentações em cada aparelho. Basicamente, então, a pontuação é definida pelo juízes a partir da qualidade e precisão dos movimentos. 

O atleta que conseguir entregar uma apresentação completa com todos esses fatores vai se dar melhor. Vale lembrar que as penalizações podem diminuir a pontuação. O que pode causar essa perda são falhas técnicas, pouca amplitude dos movimentos, descumprimento de regras e outros fatores.

Tipos de ginástica artística: competições

Para saber tudo sobre ginástica artística, precisamos conhecer também quais são os principais campeonatos. A competição de maior destaque, claro, é as Olimpíadas, que acontecem a cada quatro anos. A dedicação diária dos atletas do esporte se concentram, principalmente, nos Jogos Olímpicos. É através deles também que os ginastas ganham cada vez mais notoriedade.

Mas os ginastas também competem bastante no Campeonato Mundial de Ginástica Artística, além da Copa do Mundo de Ginástica Artística. Nessas competições, os ginastas conseguem competir de forma individual ou também em equipes, sempre representando seus próprios países.

Tipos de ginástica artística: treinamentos e lesões

Por ser um esporte que demanda muito do corpo, os treinamentos são rigorosos focando na força, técnica, flexibilidade, condicionamento físico e, o mais importante, preparação mental. Geralmente os atletas começam a praticar ainda quando muito novos, muitas vezes crianças, e para terem bons resultados na vida adulta não devem parar de praticar.

Como o esporte é bastante intenso, também é comum que os atletas se lesionem, principalmente nas articulações, então não é difícil ver ginastas que precisaram de um tempo ou até parar de praticar o esporte após machucarem algumas partes do corpo. Logo, o treinamento precisa focar em evitar esses danos.

Tipos de ginástica artística: grandes ginastas

A ginástica artística conta com diversos atletas importantes, muitos deles brasileiros. Confira alguns dos principais:

  • Simone Biles (Estados Unidos);
  • Artur Zanetti (Brasil);
  • Kohei Uchimura (Japão);
  • Daiane dos Santos (Brasil);
  • Nadia Comăneci (Romênia);
  • Daniele Hypólito (Brasil);
  • Larisa Latynina (Rússia);
  • Gabby Douglas (Estados Unidos).

Se você quer conhecer mais sobre esses ginastas, deixe aqui nos comentários para fazermos um guia e falar de suas trajetórias no esporte!

Gostou de conhecer os tipos de ginástica artística? Então, continue navegando pelo site e engajando nos conteúdos, assim saberemos como trazer as melhores informações para você!

Tipos de ginástica artística

  • Argolas (masculino);
  • Barra fixa (masculino);
  • Barras paralelas (masculino);
  • Cavalo com alças (masculino);
  • Solo (masculino);
  • Barras assimétricas (feminino);
  • Salto sobre a mesa (feminino);
  • Trave de equilíbrio (feminino).


seu melhor jogo