seu melhor jogo

O polo aquático é um esporte coletivo praticado em uma piscina, no qual duas equipes de sete jogadores cada tentam marcar gols na baliza adversária, usando apenas as mãos para lançar a bola.

A modalidade surgiu na Inglaterra no século XIX como uma adaptação do rúgbi subaquático, se popularizando em diversos países da Europa e da América posteriormente. O jogo, inclusive, é um esporte olímpico desde 1900.

Neste guia completo e atualizado, você conhecerá um pouco mais sobre a história, as regras e os fundamentos do polo aquático, um esporte que exige habilidade, resistência e espírito de equipe.

Confira 👇

História do polo aquático

O polo aquático é um esporte coletivo que tem suas origens no Reino Unido no final do século XIX. Sua criação é atribuída a William Wilson, um nadador escocês que desenvolveu o esporte como uma forma de treinamento.

A primeira partida registrada na história ocorreu em Londres, no ano de 1870. Inicialmente, a modalidade era jogada em lagos e rios, mas logo se espalhou para piscinas e ganhou popularidade em outros países europeus.

O esporte rapidamente se expandiu para os Estados Unidos, onde a primeira partida oficial foi jogada quase duas décadas depois, em 1888. Mais tarde, o polo aquático seria incluído nas Olimpíadas pela primeira vez em 1900, em Paris.

As regras do jogo evoluíram ao longo do tempo, com mudanças significativas na década de 1920 para tornar o esporte mais rápido e emocionante.

Durante o século XX, o polo aquático continuou a crescer em popularidade e se tornou um esporte internacional. A Federação Internacional de Natação (FINA) foi fundada em 1908 e passou a regular o esporte a nível mundial. Já o Campeonato Mundial de polo aquático foi estabelecido em 1973.



seu melhor jogo

Como funciona o polo aquático?

Como funciona o polo aquático
Como funciona o polo aquático?

No polo aquático, cada equipe é formada por sete jogadores, sendo seis atletas de linha e um goleiro. As substituições são ilimitadas, mas os atletas devem entrar e sair na área designada próxima à linha de meio campo.

O objetivo do jogo é marcar mais gols do que a equipe adversária. Isso é feito arremessando a bola na baliza flutuante do time oponente. O gol é defendido pelo goleiro, que tem a tarefa de bloquear os arremessos adversários.

A partida é dividida em quatro tempos, geralmente com duração de sete minutos cada, embora a duração possa variar

Durante o jogo, os atletas utilizam técnicas avançadas de natação, estratégias táticas e precisão nos passes e arremessos para criar oportunidades de gol.

A intensidade física, portanto, é uma característica marcante do polo aquático, pois os jogadores precisam se movimentar rapidamente na água, enfrentar a oposição adversária e executar jogadas eficazes.

As regras do esporte também incluem faltas e exclusões temporárias para atletas que cometem infrações. Cobranças de pênalti também são concedidas em certas situações.

Regras do polo aquático

  • Número de jogadores | Cada equipe tem sete jogadores em campo, sendo seis atletas de linha e um goleiro;
  • Duração dos jogos | As partidas são divididas em quatro tempos, cada um com duração de sete ou oito minutos cada, dependendo do regulamento;
  • Início da partida | O jogo começa com um sprint no meio da piscina, no qual um jogador de cada equipe tenta alcançar a bola primeiro;
  • Movimentação | Os atletas não podem segurar, puxar ou empurrar adversários debaixo d’água, exceto quando estão segurando a bola. O contato é permitido, mas há regras sobre a sua intensidade;
  • Infrações | Faltas são marcadas pelos árbitros, por infrações como obstrução, segurar o oponente ou tocar a bola com ambas as mãos. Jogadores podem ser temporariamente excluídos do jogo;
  • Pênaltis | São concedidos em situações específicas, permitindo que um atleta ataque diretamente o gol adversário a partir de uma distância fixa;
  • Substituições | Atletas podem ser substituídos de forma ilimitada, mas isso deve ocorrer em uma área específica próxima à linha de meio campo;
  • Goleiros | Têm regras específicas sobre sua posição e movimentação. Eles podem tocar a bola com qualquer parte do corpo, mas não podem segurá-la por mais de trinta segundos.

Como é a piscina de polo aquático?

piscina de polo aquático
Piscina de polo aquático

A piscina de polo aquático tem dimensões específicas. O comprimento varia entre 25 e 30 metros, enquanto a largura é de 20 metros. As balizas (gols) são colocadas nas duas extremidades do perímetro.

As balizas consistem em traves verticais e horizontais, semelhantes às de futebol, mas adaptadas para o ambiente aquático.

A largura entre as traves é de 3 metros, enquanto a altura da trave transversal é de 0,9 metros acima da superfície da água.

Já a profundidade da piscina deve ser de pelo menos 1,8 metros, a fim de proporcionar espaço o suficiente para os jogadores realizarem movimentos submersos e permitir uma área de jogo adequada.

Uma linha de meio campo, muitas vezes marcada por uma boia ou linha submersa, divide a piscina de polo aquático em duas partes iguais.

Existem também linhas marcadas a 5 metros de distância das balizas, indicando a área de penalidade para arremessos de 5 metros.

Linhas a 2 metros das balizas delimitam a área de exclusão, onde ocorrem os arremessos de escanteio e os jogadores não podem permanecer por mais de 20 segundos sem participar do jogo.

Por fim, a área entre as linhas de 5 metros e a linha de meio campo é considerada a zona neutra, onde ocorrem os saltos iniciais e reinícios após gols marcados.

Equipamentos do polo aquático

Os atletas de polo aquático utilizam uma série de equipamentos durante as partidas oficiais para garantir segurança e desempenho adequado no jogo.

Os jogadores usam toucas numeradas para identificação durante a partida. Geralmente feitas de silicone, elas ajudam a proteger a cabeça e a manter a visibilidade na piscina.

Além disso, os protetores bucais são essenciais para proteger os dentes durante as situações de contato físico na água, auxiliando a prevenir lesões na boca e na região da mandíbula.

Por fim, os atletas usam trajes especiais para ficarem debaixo d’água, como sunga (no caso dos homens) e maiôs (no caso das mulheres).

Polo aquático nas Olimpíadas

polo aquatico olimpiadas
Seleção húngara

O polo aquático é uma modalidade que faz parte dos Jogos Olímpicos desde a edição de Paris, em 1900, embora já tenha sido incluído como esporte de demonstração em 1896.

A competição nas Olimpíadas envolve equipes masculinas e femininas. Os times competem em um formato de torneio, onde disputam partidas eliminatórias até que sejam definidos os medalhistas de ouro, prata e bronze.

As regras do polo aquático na competição são regidas pela Federação Internacional de Natação (FINA). As partidas são realizadas em piscinas específicas, com dimensões e características adequadas.

Com 16 medalhas, sendo 9 de ouro, 3 de prata e 4 de bronze, a Hungria é a grande potência da modalidade. Ela é seguida da Itália, que possui 3 ouros, 2 pratas e 3 bronzes.

E aí, gostou de ficar por dentro da história e das regras do polo aquático? Conta pra gente nos comentários! E não se esqueça de visitar nosso site diariamente, viu? Publicamos conteúdos fresquinhos sobre esportes todos os dias 👊



seu melhor jogo