seu melhor jogo

O futebol é o esporte mais amado pelos brasileiros e também um dos mais populares do mundo. Mas ele também existe em outras modalidades, não só aquele que acontece em um campo enorme e cheio de grama.

Agora, você vai conhecer as regras do futebol de areia! Também conhecido como futebol de praia, o esporte mistura as características da modalidade mais popular com o futsal, que é um pouco diferente.

Tão divertido quanto os outros tipos, o futebol que acontece na praia ou em um campo com areia tem vários adeptos no mundo, além de fãs que estão sempre acompanhando campeonatos de seus times preferidos.

Mas antes de descobrir quais são as regras do futebol de areia, precisamos conhecer um pouco mais sobre como funciona o esporte, quais são as suas origens e muito mais!

Confira 👇

Futebol de areia: breve história

regras do futebol de areia
O futebol de areia é mais curto que o futebol tradicional

A história do futebol de areia começou ainda na década de 1930, mais precisamente nas orlas de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. Então, em um destes belos cenários praianos, muitas pessoas se reuniam para jogar futebol de uma forma diferente.

Ali, na praia mesmo, os jogadores criavam campos, colocavam gols e começavam a jogar futebol como se estivessem em um gramado. Não demorou para que a modalidade começasse a tomar forma, então, nascendo o futebol de areia.

Mas foi só na década de 1990 que o esporte se tornou profissional, com as regras do futebol de areia sendo criadas para organizar melhor as partidas e campeonatos. Logo, três anos depois, aconteceu uma competição de teste em Los Angeles nos Estados Unidos e foi um sucesso.

Em 1995, aconteceu o primeiro campeonato oficial de futebol de areia no Rio de Janeiro, e o Brasil foi o grande vitorioso. A competição fez tanto sucesso que o esporte conquistou o mundo todo. Já em 1998, foi fundada a CBSB: Confederação de Beach Soccer do Brasil, oficializando a importância da modalidade.



seu melhor jogo

Vamos conhecer as regras do futebol de areia?

Regras do futebol de areia: como funciona?

O futebol de areia funciona de forma bastante parecida com o futebol tradicional, mas com menos jogadores, menor duração e outros detalhes. Incluindo o goleiro, o esporte conta com apenas 5 atletas de cada lado, e não é permitido que o jogo continue se houver menos de três jogadores em campo.

Na reserva, cada time também pode ter mais cinco jogadores, contando com o goleiro. As substituições não tem limite no momento do jogo, e podem ser feitas a qualquer momento. No caso do goleiro, no entanto, a troca deve ser feita quando a partida não estiver acontecendo.

Regras do futebol de areia: gols e penalidades

Assim como no futebol tradicional, o objetivo do futebol de areia é fazer gols, vencendo o time que se sair melhor. Mas há uma diferença: nele, não existe impedimento e não pode haver empates.

Sendo assim, caso haja empate, as regras do futebol de areia exigem a cobrança de pênaltis, sem nem ao menos passar por uma prorrogação. Também há o chute livre para o gol quando o time adversário comete alguma infração.

Uma partida de futebol de areia conta com dois árbitros com as mesmas autoridades. Porém, caso eles não concordem com alguma decisão, é válido o que o primeiro árbitro disser.

As regras do futebol de areia dizem ainda que é proibido marcar gol durante a cobrança pela lateral, que pode ser feita tanto com os pés quanto com as mãos. Já no escanteio, os jogadores podem fazer gol sem problemas.

Segundo as normas do esporte, o goleiro não pode receber a bola do seu time duas vezes seguidas se ela não tiver tocado um adversário antes disso.

Os árbitros do futebol de areia pode dar cartões amarelos e vermelhos, assim como no futebol tradicional. Essa punição serve tanto para condutas que prejudicam a prática do esporte de forma moral e social, quanto para infrações graves que envolvem, por exemplo, a violência física.

Regras do futebol de areia: duração

O futebol de areia é mais curto, contando com apenas 36 minutos de duração. Esse período é dividido em três tempos, cada um contando com 12 minutos e somente três minutos de intervalo entre um e outro. Quando um gol é marcado ou o juiz apita para uma falta, o tempo é parado.

regras do futebol de areia
No futebol de areia, o jogador não usa tênis ou chuteira

Regras do futebol de areia: campo e bola

O campo de futebol de areia, claro, consiste em muita areia, mas ela precisa ser especial. Quando não acontece na praia, a areia precisa ser grossa para que não fique grudando na pele dos jogadores, atrapalhando seus desempenhos nas partidas.

Ainda de acordo com as regras do futebol de areia, a dimensão da quadra precisa ser entre 35 e 37 metros de comprimento, por 26 a 29 metros de largura. Os gols também precisam seguir certas medidas, sendo cerca de 2,50 metros de altura por 5,5 metros de extensão.

Em relação à bola, o esporte é praticado com uma bola feita de couro ou algum material sintético, e precisam ser impermeáveis. Ela precisa pesar entre 400 e 440 gramas, e ter entre 68 e 70 centímetros de circunferência. 

No meio de campo, a linha é demarcada com a ajuda de dois postes com bandeiras vermelhas. 

regras do futebol de areia
O futebol de areia é bastante popular e jogado nas praias do Brasil

Regras do futebol de areia: equipamentos

Os equipamentos do futebol de areia são simples, exigindo apenas o uso de camisa e bermuda. Os jogadores não precisam usar sapatos ou chuteiras, ficando apenas descalços, mas quem quiser pode colocar faixas nos pés e nos tornozelos, e óculos feitos de plástico como proteção. Goleiros, se quiserem, podem usar calças compridas.

Essas são as regras principais do futebol de areia, que são bem semelhantes ao esporte tradicional. Já que você está aqui, aproveite para navegar pelo site para conferir as nossas matérias sobre outras modalidades de esportes.

Aproveite também para deixar o seu comentário e contar o que achou das regras do futebol de areia!



seu melhor jogo